Foto sem descrição

Presidente Gilson Paranhos participa de Fórum sobre habitação em Moçambique

O presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (CODHAB-DF), Gilson  Paranhos, participou,  neste último final de semana, do sexto fórum do Conselho Internacional de Arquitetos de Língua Portuguesa (CIALP). Com o tema "A metropolização das cidades no espaço lusófono", o evento abordou "os desafios da cidade e da metropolização no espaço da lusofonia", uma preparação para o 27º congresso da União Internacional dos Arquitetos (UIA), que vai acontecer no Rio de Janeiro, em 2020.

Em mesa redonda, o presidente fez uma apresentação sobre o papel do gestor na transformação das grandes cidades, usando como base as ações da Companhia. Paranhos realizou ainda, uma palestra sobre o exercício da profissão de arquiteto e as contribuições que podem ser dadas à sociedade.

Outro assunto tratado foi o convênio que a Companhia celebrou com o CIALP em 2016. Esta semana chegaram à Brasília dois voluntários vindos da Angola para atuar nos postos de assistência técnica, localizados nas periferias da capital. “ É muito gratificante ver nosso trabalho saindo do papel e dando certo. Tenho certeza que será uma ótima experiência para a CODHAB e para os arquitetos”, afirmou Paranhos.

Ainda nesta segunda-feira (19), o presidente da Companhia participou de uma reunião junto aos membros do Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos, uma agência especializada da ONU, para apresentar o trabalho realizado pela CODHAB e tentar uma base de cooperação entre os órgãos.

Entenda o convênio

O Convênio assinado, em junho de 2016, com o Conselho Internacional de Arquitetos da Língua Portuguesa (CIALP) permitiu que profissionais dos países membros da instituição, a exemplo de Portugal e Moçambique, façam estágio no Programa de Assistência Técnica em Arquitetura e Urbanismo, da CODHAB. A cerimônia ocorreu no Salão Nobre do Palácio do Buriti. Assinaram o documento o diretor-presidente da Codhab, Gilson Paranhos, o presidente do conselho, Rui Leão, e o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg.

VOLTAR AO TOPO