Foto sem descrição

CODHAB conclui o terceiro sorteio de lotes para entidades habitacionais

Com  66 entidades contempladas e 506 lotes sorteados, terminou, nesta terça-feira (31), o terceiro sorteio de áreas para cooperativas.  O procedimento, promovido pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (CODHAB-DF),  tem como objetivo atender à Lei nº 3.877/06, que determina que 40% dos lotes voltados para habitação sejam ofertados às cooperativas e associações.

Ao todo, foram disponibilizados 696 lotes unifamiliares no Riacho Fundo II, Santa Maria e Cidade Ocidental, além de três multifamiliares no Varjão. Entretanto, para  os 193 terrenos na Cidade Ocidental não  houve manifestação de  interesse e por isso irão para um próximo sorteio.

Os lotes unifamiliares variavam de R$ 13.500,00 a R$ 105.000,00, mas com um  subsídio de 60%, o que significa que os preços para venda eram de R$ 5.500,00 a R$ 42.000,00. Já os multifamiliares no Varjão custavam entre R$ 150.000,00 e R$ 292.000,00 (já com o subsídio incluído).

Luzilene Lustosa, presidente da cooperativa Ascandanga, foi sorteada com um grupo de lotes em Santa Maria e ficou feliz com o resultado. “ Eu achei ótimo! Amei o novo método de sorteio, muito mais democrático e transparente. Agora todo mundo pode ganhar”, comemorou.

Nova regra

Com as novas regras, a entidade habitacional sorteada passa a ter responsabilidade integral pela indicação da demanda de famílias com renda de até R$ 2.350,00, além da execução, aprovação dos projetos e obras a serem realizados, bem como por todas as ações administrativas, cíveis e criminais relacionadas ao empreendimento e aos associados envolvidos.

 

Confira o resultado

VOLTAR AO TOPO