Foto sem descrição

Resolução 193/2017 da CODHAB é aprovada em Audiência Pública na Câmara Legislativa

Nesta terça-feira (22), o presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional  do Distrito Federal (CODHAB-DF), Gilson Paranhos, e representantes das diretorias da CODHAB, participaram da Audiência Pública na Câmara Legislativa do DF para discutir a Resolução 193/2017 que trata do sorteio de lotes/áreas para entidades habitacionais.

Com a participação de várias cooperativas e lideranças comunitárias, a audiência abriu espaço para que os movimentos habitacionais pudessem expor a opinião sobre o assunto. Alguns se posicionaram contrários ao método de sorteio e outros apoiaram as medidas adotadas pela Companhia. Também participaram da mesa os deputados, Julio Cesar, Wasny de Roure, Roney Nemer, Celina Leão, Telma Rufino e o Procurador do DF, Gabriel Abade.

O representante da Região 3, Luciano Moreira, foi um dos que concordaram com o novo método. “A CODHAB está de parabéns pelo trabalho realizado. Entendemos que o sorteio é a forma louvável de atender às cooperativas. É a primeira vez que as entidades menores tiveram a oportunidade de ganhar um edital da Companhia”, comemorou.

Após a apresentação das entidades, foi dada a palavra ao diretor imobiliário, Jorge Gutierrez, para que a Companhia pudesse esclarecer as dúvidas e reclamações feitas pelos participantes. O gestor explicou que o sorteio foi a melhor maneira encontrada para atender de forma justa e transparente àqueles que estão participando dos editais.

“Temos trabalhado junto às cooperativas, para que elas possam participar do processo, mas também trabalhamos junto aos órgãos de controle, para que estejamos sempre dentro da lei”, explicou Gutierrez. Ao final, ele agradeceu a oportunidade de participar do encontro e ressaltou a importância desses debates.

Ao encerrar a audiência, o vice-presidente da Câmara, Wellington Luiz , leu o parecer técnico da casa, que decidiu que a Resolução 193/2017 da CODHAB está em conformidade com a lei, sendo totalmente aplicável  às competências da Companhia.

Fotos: Silvio Abdon

Audiência Pública

VOLTAR AO TOPO