Foto sem descrição

CODHAB apresenta relatório de 2016 para Comissão de Transparência da Câmara Legislativa do DF

O presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional (CODHAB-DF), Gilson Paranhos, participou, nesta quinta-feira (11), da Audiência Pública da Comissão de Fiscalização, Transparência e Controle da Câmara Legislativa do DF. Na ocasião, o gestor apresentou um balanço da gestão de 2016 e falou das ações que a Companhia tem realizado em 2017 no âmbito da habitação social do DF.

As novidades para o combate do déficit habitacional trazidas pelo Programa Habita Brasília, lançado em junho do ano passado,  foi o assunto que deu início à apresentação do presidente, que aproveitou para explicar os cincos eixos de atuação: Lote Legal, Morar Bem, Portas Abertas, Aluguel Legal e Projeto Na Medida.  

Paranhos lembrou ainda do recadastramento de entidades, que diminuiu pela metade o número de cadastros na CODHAB e deu muito mais segurança aos participantes do Programa, além da criação da Gerência de Fiscalização que combate as possíveis irregularidades após as entregas. “Tomamos medidas para combater os principais problemas encontrados. Hoje já podemos dar início à retomada de imóveis”, completou. 

A realização de Concursos de Projetos para equipamentos públicos e a criação de um aplicativo da Companhia também foram destaque na apresentação. “Com os concursos temos vários profissionais trabalhando em um projeto e por um preço menor. Com o aplicativo o cidadão pode ser atendido sem sair de casa. Essas são duas grandes conquistas do nosso trabalho”, reforçou Gilson Paranhos.

Ao final da audiência, que foi transmitida ao vivo no Facebook do deputado Rodrigo Delmasso, foi aberta a participação do público. Maria do Socorro, moradora da Vila Planalto, acompanhou toda a sessão e fez questão de participar e elogiar o trabalho feito pela Companhia. “Quero parabenizar a CODHAB pelo trabalho maravilhoso. Participei do evento de entrega de escrituras para os pioneiros da Vila Planalto e fiquei emocionada”, comemorou.

Participaram da reunião o deputado Rodrigo Delmasso, os diretores da CODHAB, representantes de entidades e a sociedade civil. 

 

Foto: Rogério Lopes

VOLTAR AO TOPO