Foto sem descrição

Confira os documentos necessários para realizar a atualização cadastral

Ao abrir o ícone da atualização cadastral no aplicativo CODHAB, o usuário irá encontrar quatro campos para preencher: dados pessoais, dependentes, renda e dados de contato. Veja aqui quais documentos são necessários em cada etapa:

 

1)     Dados Pessoais:

Ao atualizar dados pessoais não é necessário anexar nenhum documento, ainda que haja alteração nos dados. Só é necessário anexar documento se o habilitado for incluir deficiência. Neste caso, é preciso digitalizar o laudo, que deve ser validado pelo perito do posto da CODHAB  na 112 sul. Para aqueles que já eram cadastrados como deficientes não é preciso anexar nenhum documento.

 

2)     Dependentes:

Para inclusão de dependentes menores de 14 anos, é necessário anexar a certidão de nascimento. No caso de maiores de 14 e menores de 18, além da certidão de nascimento, é obrigatório digitalizar também o CPF. E, para maiores de 18, RG, CPF e comprovante de renda.

 

Em caso de inclusão de cônjuge como dependente, é preciso anexar os seguintes documentos: certidão de casamento ou declaração de união estável (esta pode ser impressa no site da CODHAB, preenchida e assinada pelo declarante), RG, CPF, Comprovante de Renda do cônjuge e as nove certidões cartorárias exigidas para o cadastro da CODHAB (confira lista aqui).

 

Para incluir pai ou mãe como dependente, é preciso comprovar a dependência financeira, por meio de Declaração do Imposto de Renda ou Declaração do INSS mais a Carteira de Trabalho.

O mesmo vale para casos de guarda, tutela e curatela.

 

3)     Renda:

 

Formal - Neste campo é necessário que o candidato envie as imagens das seguintes páginas da carteira de trabalho: foto, qualificação civil e a página que consta o contrato vigente. Além disso, tem que ser anexado o último contracheque. Há também a opção de o candidato mandar apenas o último contracheque, mas, para que ele tenha validade, deve estar carimbado com o CNPJ da empresa empregadora.

 

Servidores ou funcionários públicos -  Podem apenas apresentar o último contracheque, já que o documento apresenta a certificação digital.

 

Informal – Os trabalhadores informais devem apresentar os mesmos documentos que os formais, tendo apenas que incluir a página da carteira de trabalho seguinte a que consta o último emprego e a declaração de renda informal que pode ser encontrada no site da Companhia.

 

Desempregado - os candidatos desempregados devem apresentar os mesmos documentos do trabalhador informal, com a diferença que na declaração de renda informal o valor declarado da renda deve ser zero.

 

4)     Dados de Contato:

Ao atualizar dados de contato, não é preciso enviar nenhum documento comprobatório.

 

5)      Requerimento:

 

O ícone requerimento serve para que o candidato possa fazer a exclusão de cônjuges e troca de titularidade. Veja como proceder em cada um dos casos:

Exclusão em caso de união estável: o candidato deverá apresentar a certidão de dissolução e a carta de desistência.  Ambas têm que ter firma reconhecida em cartório.

Exclusão para pessoas casadas – o candidato deverá apresentar a carta de desistência e a certidão de casamento com averbação de divórcio.

Troca de titularidade em caso de separação – é necessário enviar a carta de desistência, carta de dissolução e a atualização da renda do novo titular.

Troca de titularidade em caso de óbito do cônjuge– é necessário enviar a certidão de óbito e a atualização de renda.

Inclusão de Cônjuge – deverá ser enviada a certidão de casamento ou união estável, RG, CPF, comprovante de renda do cônjuge e as nove certidões cartorárias.

Inclusão de pai e mãe – deverão ser enviadas a declaração de imposto de renda ou declaração do INSS comprovando não ter nenhum benefício, carteira de trabalho provando não ter emprego, CPF, RG  e certidão de nascimento.

 

 

 

 

 

 

 

 

VOLTAR AO TOPO