Foto sem descrição

Servidores da CODHAB são condecorados com Medalha do Mérito Buriti

Reconhecimento ao trabalho de pessoas que contribuíram para melhorar a produtividade ou reduzir gastos públicos. Esse é o objetivo da Medalha de Mérito Buriti, que foi distribuída, nesta terça-feira (21), a 133 servidores públicos do Governo de Brasília, em cerimônia no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Entre os homenageados, estavam os funcionários da CODHAB José Félix e Maria Luzdalma Silva Batista.

José Felix faz parte da Companhia desde 2011 e realiza trabalhos pelo Governo de Brasília há 35 anos. O funcionário, atualmente ouvidor da Companhia, já trabalhou no Instituto de Desenvolvimento de Recursos Humanos (IDR), Sociedade Habitacional de Interesse Social (SHIS) e Secretaria de Estado de Gestão de Territórios e Habitação (SEGETH). “Senti prestígio ao receber a medalha”, comentou Felix.

Já Maria Luzdalma trabalha no Governo de Brasília desde 1982. Começou na SHIS e desde então integra a equipe da CODHAB, tanto na área imobiliária quanto na escrituração. Aposentada desde 2015, ela segue trabalhando na Companhia porque gosta do que faz e se disse bastante surpresa ao ser chamada para receber a medalha de mérito. “É sempre bom ter nosso trabalho reconhecido e elogiado”, completou.

Para o presidente da CODHAB, Gilson Paranhos, a entrega das medalhas é fruto da dedicação dos dois servidores e merece ser estendida a toda a equipe da Companhia. “Todos estão de parabéns, pelo envolvimento, comprometimento e  dedicação ao trabalho”.

Na solenidade, que contou com a presença do governador Rodrigo Rollemberg, houve apresentação especial da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro.

História

A Medalha do Mérito Buriti é uma tradição na cidade. Na década de 1970, foi editado o Decreto nº 1.488, que instituiu a congratulação para servidores com o mínimo de dez anos de efetivo exercício. O último evento para condecorações ocorreu em 2010, quando um novo texto publicado atualizou o primeiro.

O decreto determina que a medalha seja destinada a servidor “sem qualquer falta ou punição, que tenha desempenhado suas funções de modo relevante, demonstrando dedicação e zelo pelo serviço público ou por ter contribuído com sugestões, planos e projeto, não elaborados em decorrência de suas funções e que visem proporcionar aumento de produtividade, melhor racionalização ou economia dos gastos públicos”.

 

VOLTAR AO TOPO