Foto sem descrição

CODHAB promove primeira Mostra Instantânea de Arquitetura Social (MIAS)

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (CODHAB-DF), no último dia 17,com o apoio do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) a primeira Mostra Instantânea de Arquitetura Social (MIAS). O evento contou com a participação de oito formandos em arquitetura pela Universidade de Brasília (UnB), que apresentaram os Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) voltados para arquitetura e urbanismo de interesse social.

 

O encontro teve como objetivo aproximar os projetos desenvolvidos por profissionais recém formados ao trabalho que está sendo desenvolvido pela Diretoria de Assistência Técnica da Companhia. Melhorias habitacionais, projeto para novas habitações e para novos bairros, enriquecimento de espaços públicos das áreas de interesse social, atividades de empoderamento e intervenção urbana foram alguns dos pontos abordados.

 

Os arquitetos escolhidos para a apresentação foram selecionados por terem realizado trabalhos com o tema proposto pela Mostra e esses terem sido publicaos  na revista da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da Universidade de Brasília (ARQUI) ou em exposições realizadas na própria FAU.

 

Luiz Sarmento, o idealizador da MIAS, fala da importância das apresentações e da realização dos debates para o crescimento e enriquecimento do trabalho nas áreas de interesse social “Começamos este projeto na intensão de valorizar e divulgar a atuação dos profissionais de arquitetura e urbanismo que atuam, na área de interesse social dando apoio à iniciativas estudantis que abordem o tema com uma visão inovadora”, explicou.

 

Assistência Técnica em arquitetura e urbanismo

 

A CODHAB trabalha com o serviço de Assistência Técnica Gratuita desde de abril de 2015, voltada para famílias com renda de até 3 salários mínimos e que atendam os critérios estabelecidos pela Companhia. São oferecidos serviços de elaboração de projetos de arquitetura e engenharia,  para a realização de melhorias habitacionais.

 

Dentre as linhas de atuação dos postos de assistência técnica,  são discutidos assuntos como combate ao déficit habitacional, regularização, melhoria e produção habitacional. Os moradores interessados em conhecer mais sobre o projeto, devem procurar um dos 10 postos de Assistência Técnica, que encontram-se distribuídos em Ceilândia, na QNR, Sol Nascente e Pôr do Sol, em Santa Maria, no Condomínio Porto Rico, em Sobradinho, no Buritizinho, Brazlândia, Fercal, Estrutural, São Sebastião e Vila Cauhy, no Núcleo Bandeirante.

 

 

Mostra Instantânea de Arquitetura CODHAB

VOLTAR AO TOPO