Ação Urbana Comunitária
Fercal Rua Principal da Rua do Mato
21.12 /// 9h
0bc90987fa46a0382d7fa2bf3832d67c

Ações urbanas comunitárias é um projeto participativo desenvolvido pela equipe de assistência técnica e pelo atelier de projetos da CODHAB/DF.

Em formato de mutirão, as ações somam a participação de profissionais e estudantes de arquitetura e urbanismo, tanto da companhia quanto voluntários, e dos moradores das comunidades locais. O intuito é transformar coletivamente o espaço público, conectando governo e sociedade, tornando esta a protagonista da mudança.

A seleção das áreas onde acontecem as ações segue critérios específicos. Interesse e articulação da comunidade para melhorar o lugar, inexistência de infraestrutura ou manutenção, possibilidade de arborização e paisagismo, vazios urbanos públicos, conexão com praças ou espaços de relevância e grande fluxo na comunidade são alguns deles.

Além de identificar os problemas, é preciso observar o potencial do espaço.

Dúvidas // Opiniões
Entre em contato conosco
acoescomunitarias@codhab.df.gov.br

Ações Finalizadas

Dona Cida
Moradora de São Sebastião
“Este projeto está sendo uma maravilha. Antes eu sentia que morava em uma roça, agora eu sinto que moro em Brasília! Eu posso falar que estou morando em Brasília porque vai ficar muito bonita minha rua.”
Tetê Almeida
Moradora do Sol Nascente Trecho 2
“[...] Foi uma experiência ímpar, a participação dos órgãos públicos ali presentes, a comunidade junto, todos com a mesma finalidade: trazer mais qualidade de vida pra essa comunidade tão sofrida. Um espaço que era totalmente inóspito ficou lindo, com gramado, brinquedos, árvores, hortaliças, bancos, lixeiras... Agora as crianças têm onde brincar, e os adultos, um ponto de encontro. Tem até uma PEC para fazer ginástica! Enfim, quero agradecer todo grupo da CODHAB, pela iniciativa, pela oportunidade de ter participado desse belo trabalho! Gratidão!”
Silvio Costa
Morador do Sol Nascente Trecho 1
“Antes havia muito lixo; era um local que servia de “moradia” para animais peçonhentos, cachorros e cavalos. Quando chovia, a lama era insuportável. O tráfico estava tomando conta do local e consequentemente as crianças estavam sem recreação em horas vagas, mexiam com coisas erradas...Agora a praça se tornou o “Centro” do Sol Nascente, acumulando grande número de pessoas buscando trazer seus filhos para brincar no parquinho; idosos se exercitando, saindo de casa também para conversar. Não há mais lixo e assim acabaram também os animais que viviam procurando comida neste local.”
Manuela Carvalho
Arquiteta e urbanista, voluntária Coletivo MOB
“Participar da ação comunitária no Sol Nascente foi inspirador. Poder colocar em prática tudo o que estudei e vivenciei em relação a processos participativos e ainda transmiti-los aos outros participantes e organizadores faz parte do meu papel como arquiteta e urbanista formada para ajudar a construir um mundo melhor”